Ratos

Os ratos são mamíferos que transmitem sérias doenças ao homem e passam longe da imagem dos filmes

Se você pensar em rato nesse momento, vai lembrar do Jerry do Tom e Jerry, Stuart Little, Ligeirinho, Mickey, entre outros. São animais simpáticos, ágeis e espertos. Na vida real os ratos que são considerados pragas urbanas possuem as duas últimas características. De simpáticos não têm nada.

É até perigoso chegar próximo deles. Os ratos são transmissores de doenças como Hantavirose e Leptospirose. Uma mordida de rato pode causar infecções sérias, sendo necessário tomar vacina ou soro antirrábico.

Existem cerca de 2.000 espécies de ratos, que representam 40% das espécies de mamíferos existentes.

Cerca de 50 espécies são consideradas pragas urbanas no mundo todo, a maioria da família Murmuridade. Existem 3 espécies principais que possuem relação cinantrópica com o homem: Ratazana, Rato de Telhado e Camundongo.

Os ratos são causadores de grandes danos econômicos para a indústria e empresas em geral. Segundo estimativas, danificam de 5 a 10 vezes mais do que consomem de alimentos. Destroem cerca de 20% da produção mundial de grãos. Os danos podem se estender desde a produção até o armazenamento. Os galpões são locais que criam condições para ninhos de ratos pois possuem acesso, alimentos e abrigo.

Os ratos roem sem cessar pois seus dentes incisivos crescem sem parar. Por esse motivo, podem causar acidentes perigosos, roendo fiações elétricas e provocando incêndios. É imprescindível realizar o controle dos ratos, após identificar os sinais de sua presença.

As ações de uma Controladora de Pragas, ou Dedetizadoras, como ainda são conhecidas essas empresas de Saúde Ambiental, são mais do que uma questão de higiene ou segurança alimentar. Trata-se de promoção da saúde pública. É necessário o controle de ratos para o equilíbrio do ecossistema.

Messenger icon
Olá! Em que podemos ajudar?
× Como posso te ajudar?